quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Lust Prestige

A Lust é a terceira cerveja no mundo a ser produzida pelo processo conhecido como champenoise, as outras duas cervejas são a Deus e a Malheur ambas da Bélgica, sendo assim torna-se um produto muito exclusivo.



As únicas três cervejas produzidas no mundo pelo processo champenoise: Deus, Malheur e Lust.

A Lust começa a ser produzida em Blumenau e faz a primeira fermentação na fábrica da Eisenbahn, na Rua Bahia, feita com fermento belga de alta fermentação, sai limpa e dourada com 8,5% de álcool rumo à cidade de Rodeio distante 60 km de Blumenau, lá chega na vinícola San Michele, e passa pelo champenoise e por uma segunda fermentação, processo na qual é engarrafada com acréscimo de açúcar e fermento vinícola, esta cepa de fermanto é mais resistente ao alto teor alcoólico e a grande pressão que se forma nas garrafas durante o processo, e depois da maturação a cerveja será acondicionada em pupitres.



Garrafas de 1,5 lts. no pupitre passando pelo processo de "remuage".

Nos pupitres começara o remuage, que consiste em girar a garrafa 45 graus duas vezes por dia e ao final desta “rodada” a garrafa é literalmente socada de volta no pupitre afim que a borra (fermento) vá para a tampa, dia a dia inclinana-se cada vez mais a garrafa até que fique na posição de 90˚ou seja, literalmente de cabeça para baixo. A pressão nestes momentos é tão grande dentro das garrafas que algumas estouram, por isso as pessoas que trabalham dentro do cave usam óculos para proteger os olhos de cacos de vidro que possam vir a voar.



Garrafas passando pelo processo de cuvêe, ou seja maturando.


Durante a maturação, as garrafas ficam na posição horizontal, geralmente neste período a Lust demora três meses que é o período mínimo para se atingir o teor alcoólico de 11,5% e os sabores e aromas desejados e depois disto o fermento literalmente “morre”. A partir desta fase inicia-se outro processo, conhecido como autólise, aonde os sabores e aromas terciários da cerveja começam a ser desenvolvidos, e quanto mais tempo o líquido ficar neste processo mais sabor e aroma terá. Nesta parte do processo que a Lust Prestige se diferencia, a Lust "normal" fica de três a quatro meses neste processo, a Lust Prestige fica pelo menos um ano.


Os anfitriões Juliano Mendes da Eisenbahn, e Marcelo Sardagna da San Michele.


Depois de todos estes processos é só fazer o degórgement, aonde em uma solução química se congela o bico da garrafa expelindo a borra depositada ali, tira-se esta parte congelada, ficando o restante líquido, e coloca-se daí a rolha de cortiça, a gaiola de arame e rótulos.




A Lust Prestige possui aroma frutado fino e equilibrado, a espuma apresenta-se de forma abundante e permanente, o perlage numeroso com bolhas mínimas forma linhas finas e consistentes, sua cor difere da Lust “normal”, pois é de dourado mais pronunciado, intenso e cristalino, no paladar notas mais amadurecidas de frutas, sensação mais seca, e quase despercebido seus 11,5% de álcool, particularmente a melhor cerveja que a Eisenbahn já produziu.


Mais informações:
http://www.eisenbahnlust.com.br/

http://www.sanmichele.ind.br/

Um comentário:

Rodrigo disse...

Parebéns pela descrição e comentários. De todos os blogs e sites cervejeiros foi o que traçou o melhor perfil desta cerva.