quinta-feira, 12 de abril de 2007

Liefmans - Frambozenbier.






A primeira referência escrita da Cervejaria data 1679. Em 1770 um determinado Jacobus Liefmans estabelece-se como um fabricante de cerveja em Oudenaarde. Em 1905, devido ao problema de sucessão nos negócios, a Cervejaria foi vendida ao um homem de negócios chamado Pierre Camionete Geluwe. Na ação de venda indicou-se que a conhecida Liefmans deveria ser preservada em todos os parâmetros, tendo em vista a tradição antiga em Oudenaarde. Quando a Cervejaria teve que ser expandida outra vez em 1923 os problemas se levantaram com respeito à captação da água.



Perto de 1930 que sairam as permissões novas para captação de água e finalmente foi posto em funcionamento o novo maquinário.

Após a morte repentina de Paul Camionete Geluwe de Berlaere em 1972, a sucessão transformou-se outra vez em problema. Em 1974 a família veio finalmente através do conglomerado inglês, que mostrou interesse. enquanto procurava as canaletas ou brechas para introduzir suas cervejas no mercado belga.



Em 1985 a Cervejaria transformou-se em propriedade de um banco Belga-belgian-Zairian e a Casa de Malte De Wolf de Aalst.



Nos anos 80, atrasados os proprietários novos decidiram dar novamente vida a Cervejaria. O aquisição em 1990 da Cervejaria Riva de Dentergem, deu-lhe um novo rumo.



A Cervejaria com sua arquitetura industrial rica, agora está aberta ao público. Os fanáticos por cerveja podem ir até a Cervejaria testemunhar como o indústria tradicional e a tecnologia avançada estão em harmonia. Ao tomar esta iniciativa, a gerência pretende contribuir à preservação do patrimônio da Cerveja Belga.

A Cervejaria Liefmans é um das raras cervejarias na Bélgica que produz ainda a cerveja inteiramente natural. A Fermentação é feito nos tanques abertos. Liefmans Oud Bruin em janeiro e Liefmans Goudenband são exemplos apropriados disto. Há também Liefmans Kriek, uma cerveja da cereja, com seus gosto e sabor frutado, produzida uma vez por ano na altura da colheita da cereja, uma cerveja macia e intensa, de uma cor avermelhada.




Tive a oportunidade de tomar uma FrambozenBier, que é apreciada a temperatura entre 4° a 7° Celsius para se sentir seu gosto claro. É preparada baseada na colheita da Framboesa, elas são adicionadas a Liefmans Goudenband, que lhe dá seu sabor acentuado da fruta.




Sua graduação alcóolica e de 4,5%.



E só para curiosidade, a Kriek e a Frambozen da Liefmans são Fruit Beer, não sendo classificadas como Lambics, muitas pessoas acham que toda cerveja de Cereja e Framboesa são lambic's.




Cerveja: Liefmans FrambozenBier

Apresentação: Garrafa 375ml.

Espuma: Boa formação, média duração.

Cor: Avermelhada, quase negra.

Aroma: Frutado.

Gosto: Abre-se na boca ao dar um gole, com notas ácidas, deixa um bom retrogosto, e deixa a lembrança da framboesa na boca.

Comentário: Uma preciosidade, pois como não temos muitos exemplos, na realidade nenhum, de uma FruitBier, quando deparamos com uma, que tem tradição, aroma e gosto de cerveja, não saindo da linha, pois não é doce ou não contém químicas com gosto de frutas, vale a pena sim, para dismificar, que cerveja com fruta, não combina, combina desde que seja uma muito bem feita.


Um comentário:

Bob disse...

ÊÊÊÊ...cadê essa avaliação da cerveja? Demorado o serviço por aqui, não? rsrsrsrsrs brincadeira, hein?